Destaques

Sextante 20 anos - Ciclo de palestras

Por Cinthia FotoseLivros •
18 maio 2018

Olá pessoal! Acho que vocês já devem ter visto pelas redes sociais do grupo Sextante que a Editora Sextante está comemorando 20 anos este ano e como uma das formas de comemoração estão organizando um Ciclo de Palestras que vai acontecer no próximo final de semana 26 e 27 de maio de 2018. Mas, infelizmente, para quem mora fora de Sampa... será em São Paulo, no Teatro Gazeta (Av. Paulista, 900).

Os ingressos para cada turno de palestra custam R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia entrada).


 No dia 26/05 serão as seguintes palestras:

Augusto Cury - Você é insubstituível
Compre aqui o ingresso


Sri Prem Baba e Bruna Lombardi - Propósito e as escolhas para ser feliz
Daiana Garbin, Sophie Deram e Daniel Barros - Como ser feliz com seu corpo

Compre aqui o ingresso

No dia 27/05 as palestras serão:

Cristiane Correa e Bernardinho - Liderança e empreendedorismo

Compre aqui o ingresso


 Cristiane Correa e Gustavo Cerbasi - Carreira e vida financeira
Vladimir Netto, Deltan Dallagnol e Fernando Gabeira - Corrupção e eleições
Compre aqui o ingresso

Leia mais

Minhas impressões (MI-08/2018): Volta para casa - Harlan Coben #SerieMyronBolitar11

Por Cinthia FotoseLivros •
16 maio 2018
Meu Deus!!!! Eu não consigo largar um livro de Harlan Coben... e Volta para casa foi ainda mais difícil, um livro depois de tanto tempo sem Myron Bolitar. Aqui no Brasil tivemos um lançamento diferente, o primeiro que li foi o 9º livro da Série Quando ela se foi, que foi um dos primeiros livros da minha parceria com a Arqueiro, em 2011.


A Série

O primeiro livro da série lançado pela Arqueiro, em 2011, foi o nono, mas apesar de eu não ter lido na ordem cronológica, indico que os livros sejam lidos em ordem.


  1. Quebra de confiança (2011) - DEAL BREAKER(1995) 
  2. Jogada Mortal (2012) - DROP SHOT (1996) 
  3. Sem deixar rastros (2012) – FADE AWAY (1996)
  4. O Preço da Vitória (2014) – BACK SPIN (2014) 
  5. Um passo em Falso (2014) – ONE FALSE MOVE  (1998) 
  6. Detalhe Final (2015) – THE FINAL DETAIL (1999) 
  7. O medo mais profundo (2016) – DARKEST FEAR (2000) 
  8. A Promessa (2017) – PROMISE ME (2006)
  9. Quando ela se foi (2011) – LONG LOST (2009) 
  10. Alta tensão (2011) – LIVE WIRE (2011)       
  11. Volta para casa (2018) - HOME (2016)



Compre na Amazon Brasil


Minhas impressões

Quando terminei de ler o 10º livro, Alta tensão, fiquei com uma sensação de quero mais, muito mais desta série, eu sabia que estava lendo o último livro, até então, mesmo que eu não tivesse lido os oito primeiros, então perguntei a Harlan Coben no Twitter se haveria mais livros de Myron Bolitar e ele me respondeu 'Probably'... mas tivemos que esperar bastante tempo entre o décimo e este décimo primeiro livro... no original foram 5 anos entre um e outro, mas no Brasil foram sete anos... e eu, a doida que sempre quis todos os livros de Harlan Coben (e Myron Bolitar) quer reler todos na ordem correta (preciso comprar os e-books de vários). Mas agora... chega de conversa e vamos a resenha.

Este livro é meio que um reencontro de Myron e Win, seu melhor amigo desde o primeiro dia de faculdade há alguns anos, com quem viveu várias aventuras, mas desde o final do livro anterior, que é como se fosse após uma ano (neste intervalo 'ocorreram' as aventuras de Mickey Bolitar, o sobrinho de Myron), eles não se encontram, e Myron não sabia por onde Win andava até que uma noite recebe uma ligação do amigo pedindo sua ajuda em Londres.

"- Myron, preciso da sua ajuda. Venha imediatamente para Londres." posição 3%

Neste ano de sumiço de Win, muitas coisas aconteceram na vida de Myron, dentre elas, o noivado com Terese Collins, com quem viveu um romance há alguns anos, várias mudanças mas o afastamento do melhor amigo doeu muito, o reencontro foi emocionante, para ambos, apesar de apenas Myron conseguir demonstrar.
"Com os olhos molhados, Myron apertou o passo, parou a poucos metros do amigo e abriu um sorriso.
- Win.
Win suspirou.
- Não vai fazer drama, vai?
- Que seria a vida sem um pouco de drama?
- Tem razão.
Os dois deram um abraço forte e demorado, como se encontrassem um no outro a segurança de um salva-vidas." posição 7%

A história é narrada de forma intercalada, entre a 3ª pessoa e o ponto de vista de Win (adorei isso), e ficamos sabendo que Win recebeu uma pista sobre dois garotos de 6 anos que desapareceram há 10 anos, um deles o filho da prima-irmã de Win, Brooke, uma das poucas pessoas do mundo que Win se relaciona e ama. As crianças Patrick e Rhys desapareceram do nada, feito , a polícia não descobriu nada e nem Myron e Win na época. As famílias traumatizadas não conseguem ser amigas novamente, convivem esporadicamente. Win muito sensibilizado pelo trauma da prima nunca conseguiu esquecer este sumiço, ele agora recebeu uma pista e foi segui-la, sozinho...

"Duas perguntas passam pela minha cabeça.
A primeira: como posso ter certeza de que, localizando os dois garotos, vou conseguir levá-los comigo? (...)
A segunda pergunta, bem mais relevante que a primeira, é: e se o Rhys não aparecer?" posição 1%

Em Londres Myron e Win vão em busca dos dois rapazes (hoje com 16 anos) e vários eventos tensos ocorrem por lá, e eles só conseguem resgatar um dos meninos, que volta aos EUA, para onde Myron vai ajudar Brooke (a prima de Win, cujo filho não foi recuperado) a tentar descobrir onde os rapazes estiveram este tempo todo.

"- (...) Vou lhe dizer por quê. Porque a dor é melhor. Porque viver a dor é melhor do que dar meu filho como morto e tocar o barco adiante. Não há mãe que faça isso, que desista de encontrar um filho desaparecido. Com a dor eu consigo viver; com a derrota, não. Entendeu agora?" posição 40%

Além do retorno de Win, vamos ter participação de todos os personagens da série Myron Bolitar, Esperanza e Big Cindy, os pais de Myron (Al e El Bolitar), Terese e outras participações secundárias, mas temos a participação especial do trio de jovens investigadores, liderados por Mickey Bolitar e Ema e Colherada, da Série juvenil Mickey Bolitar. que são jovens da mesma idade de Patrick e ajudam a 'falar a mesma lingua'...

"Ema, que segundo Al só usava preto, pertencia à tribo dos 'góticos', como se dizia antigamente, ou dos 'emos', como se passou a dizer depois, ou dos... Myron não era informado o bastante para saber como chamavam agora. De fato, tudo na garota era preto, contrastando com a mais branca das peles. Ela e Mickey começaram como amigos, tipo 'melhores amigos', porém Myron tinha a ligeira impressão de que naquela altura eles já haviam ultrapassado a fronteira de uma simples amizade." posição 57%


Este livro fala de amor, de dor, de luta, mas a sensação do amor familiar, do amor de amigos, do amor pela vida é a mensagem que ficou. A amizade de Patrick e Rhys, Myron e Win, Mickey e Ema... são todas fortes e além do tempo juntos, ou afastados. O epílogo é narrado pelo ponto de vista de Win e isso fez eu ficar com mais vontade desta dupla dinâmica...

"Myron é mais do que meu melhor amigo. A garotada de hoje diria que temos um 'romance entre amigos', e talvez seja isso mesmo. Amo o Myron. Quero vê-lo feliz. Mais que isso, preciso vê-lo feliz. Senti terrivelmente a sua falta nesse último ano, embora estivesse muito mais próximo do que ele imaginava." posição 96%


Sabem o que é mais legal dos livros de Harlan Coben? É que mesmo sendo uma série, se você ler os livros fora de ordem não fica sem entender os acontecimentos anteriores e Harlan consegue contar de uma forma que não fica chata. O livro constroi um mistério cheio de reviravoltas até o final. Mais um dos excelentes livros de Harlan Coben!

Além de ler este livro em praticamente um dia (de sexta à noite até domingo de manhã) eu resolvi fazer uma maratona no Netflix e assisti a série SAFE, série que estreou na NETFLIX dia 10/05 em todo o mundo, uma produção da Netflix em parceria com o Canal francês + (fonte) escrita, criada, por Harlan Coben e com roteiro de Danny Brocklehurst. Eu simplesmente não consegui parar de assistir... alguns dos mistérios me lembraram alguns dos mistérios dos livros de Harlan Coben que já li.
www.netflix.com/title/80201500
Vale a maratona!!!!!!!!
"o drama de suspense se desenvolve em uma comunidade de pessoas ricas com vidas aparentemente perfeitas. Mas depois que a filha mais velha de um cirurgião dessa comunidade desaparece, ele começa uma investigação que vai levantar segredos obscuros sobre as pessoas ao seu redor." fonte



Leia mais

Minhas impressões (MI-07/2018): O Segredo de Helena - Lucinda Riley

Por Cinthia FotoseLivros •
10 maio 2018


Oi pessoal, acho que sou repetitiva ao dizer o quanto gosto de Lucinda Riley e suas estórias, a cada nova resenha dela... mas é impossível não dizer quanto a escrita de Lucinda é criativa... adorei viajar para o Chipre e conhecer a história de Helena e os segredos dela e outros segredos que são revelados em Pandora, a casa que Helena herdou do padrinho.

"Comecei a escrever este livro há dez anos, após um período de férias de família no Chipre. Estávamos hospedados numa bela e antiga Villa nos arredores de Kathikas, cenário de O segredo de Helena. Na época, nossos cinco filhos tinham idades parecidas com as das crianças do livro, e também estávamos recebendo a visita de amigos. Embora grande parte da trama e dos personagens seja ficcional, é claro, não há dúvidas que esta história foi o mais perto que cheguei de me basear na minha própria experiência de vida como mãe, madrasta, mulher e bailarina formada..." Lucinda Riley nos agradecimentos do livro.

Sinopse

Compre na Amazon Brasil


Minhas impressões

Helena é uma ex-bailarina, que deixou de dançar profissionalmente quando engravidou do filho Alex, hoje com 13 anos, ela tem quase 40 anos e tem mais dois filhos, Immy e Fred, de 5 e 3 anos, filhos de seu casamento com William, com quem vai comemorar 10 anos de casada na viagem de férias, em família, ao Chipre para que todos possam conhecer e viver o verão na casa que ela acabou de herdar do padrinho, Pandora.


Como todos os livros de Lucinda Riley o livro intercala trechos do presente e passado, mas neste livro o passado não é tão distante... o início é em 2016 quando Alex, então com 23 anos está retornando a Pandora após 10 anos sem ir ao Chipre e ao chegar à casa e ao pequeno quarto onde ficara hospedado quando um adolescente de 13 anos, encontra seu diário entre os livros que ele organizara e lera naquela época... e então há um retorno de 10 anos e a história vai para 2006 quando a família e alguns amigos da família vão passar o verão em Pandora.

"Levantei os olhos para as estantes que preenchiam os dois lados do quarto claustrofóbico e vi que os livros que eu arrumara trabalhosamente em ordem alfabética ainda estavam ali. Num gesto instintivo, peguei um deles - Rewards and Fairies, de Rudyard Kipling - e o folheei até encontrar o famoso poema. Ao ler os versos de 'Se', os sábios conselhos de um pai para um filho, senti meus olhos se encherem de lágrimas pelo adolescente que eu fora, tão desesperado para encontrar um pai. E que, depois de encontrá-lo, reconhecera que já o tinha.
Quando devolvia Rudyard a seu lugar na prateleira, avistei um livrinho de capa dura a seu lado e me dei conta de que era o diário que minha mãe me dera no Natal, alguns meses antes de eu vir a Pandora pela primeira vez. Todos os dias, durante sete meses, eu escrevera nele com assiduidade e, sabendo como eu era na época, pomposamente. Como todo adolescente, eu acreditava que minhas ideias e sentimentos eram únicos e inovadores, pensamentos que nenhum ser humano jamais tivera antes de mim." posição 1%

 No salto no tempo, de volta a 2006, acompanhamos as palavras e sentimentos de Alex em seu diário e depois os acontecimentos, narrados em terceira pessoa, para que possamos saber o que acontecera com cada um dos personagens ao longo do verão e até mesmo no passado de Helena.

"Nas semanas anteriores, tivera uma estranha sensação de desastre iminente, a qual, por mais que tentasse, simplesmente não tinha conseguido afastar. Talvez fosse o fato de ela estar se aproximando rapidamente de um aniversário que era um marco. Ou talvez fosse apenas por saber que estaria voltando para cá... " posição 5%

No retorno a Pandora, Helena chega com os dois filhos mais velhos, Alex e Immy, para organizarem a casa antes que William chegue com Fred e os outros hóspedes. No passado, quando tinha 15 anos, Helena se apaixonou por um rapaz local... e ele foi uma das primeiras pessoas que ela reencontrou ao chegar a Pandora.

"À medida que o susto pelo aparecimento de Alexis começou a passar, ela considerou que ele era pouco mais que um menino naquela época, apenas alguns anos mais velho que o filho. Agora, era um homem de meia-idade, mas sua essência permanecia inalterada.
Helena coçou o nariz, pensativa. Ninguém esquece o primeiro amor, cada pessoa considera a própria experiência única, inigualável em seu poder, sua paixão e sua beleza. E, é claro, aquele primeiro verão com Alexis em Pandora havia permanecido em sua memória durante 24 anos, como uma borboleta presa no âmbar para sempre."


Enquanto Helena relembra aquele verão passado, Alex (o filho) fica impressionado com o chipriano atencioso, amigo da mãe, e se pergunta se ele poderia ser o pai que ele nunca conhecera e que está determinado a descobrir quem é, neste verão...

"Por que é que, de repente, passei a ficar mais obcecado do que de hábito com essa história de pai?
Talvez porque, até aqui, minha mãe sempre tinha sido o bastante. Nunca precisei de mais ninguém.
Mas, nos últimos tempos - e eu a entendo perfeitamente -, sinto que ela anda escapulindo.
Não tem sido ela mesma.
Nem eu." posição 17%

Os hóspedes de Helena e William seriam a princípio a família Chandler, Sacha e Jules e os dois filhos Rupes e Viola, Sacha era o melhor e mais antigo amigo de William, mas a esposa e o filho são dois chatos, irritantes, o menino, pouco mais velho que Alex é um daqueles valentões que provocam o 'amigo' menor, gordinho e super inteligente. Mas além do Chandler, a melhor amiga de Helena, Sadie, resolve se convidar para Pandora, após um rompimento de namoro meio abrupto e também Chloë, a filha do primeiro casamento de William, que ele não via há muito tempo e que de repente a ex-mulher achou interessante que eles passassem um tempo juntos...

"Chloë era, em suas próprias palavras, 'desencanada'. Tão desencanada, percebeu William, que talvez a indiferença dela em relação ao pai ferisse tanto quanto o ódio arraigado que ele estivera esperando. A filha não parecia se incomodar por ter passado quase seis anos sem vê-lo." posição 21%


À medida que a casa se enche, os relacionamentos vão ficando tensos, e os segredos de Helena vão deixando ela tão tensa quanto cansada com a função de ser uma excelente anfitriã. William desconfia e se enciuma do relacionamento de Helena com Alexis... e até a melhor amiga dela a previne sobre a identidade do pai de Alex.

"- Benzinho, eu sinto um carinho enorme por você, mas nunca entendi por que a identidade do pai do Alex é esse segredo guardado a sete chaves, a ponto de você não o ter revelado nem a mim. É claro que, quem quer que seja, não pode ser tão ruim, não é?
- Juro que pode. Desculpe, Sadie, eu realmente não estou disposta a falar disso. Tenho minhas razões, pode acreditar.
- Está bem. - Sadie deu de ombros. - Seu quanto você é reservada, mas, como sua melhor amiga, só estou avisando que o dia do acerto de contas não está longe. E você vai ter que enfrentá-lo, pelo bem do seu filho." posição 34%

Helena começa a contar alguns dos segredos, o mais antigo ela conta a Alexis e depois ao marido, mas o maior e mais secreto de seus segredos é muito difícil de ser contado e ela precisa de muita coragem para isso.

"-Bem, aquele verão que passei aqui certamente moldou meu futuro. Não é incrível ver como cada decisão que tomamos afeta a decisão seguinte? - refletiu ela. - A vida é um conjunto de dominós em queda; esta tudo conectado. Dizem que podemos descartar o passado, mas não podemos, porque ele faz parte de quem somos e de quem vamos ser." posição 38%

"- Por favor, não lamente, William. O que eu fiz me atormentou desde aquela época. Nunca pude me perdoar de verdade.
- Bem, você tem que tentar, Helena. Todos fazemos o que julgamos melhor na ocasião, e até você precisa reconhecer, em retrospectiva, que fez a coisa certa - acrescentou William, com delicadeza." posição 53%

Outros segredos são revelados e de forma traumática para a família Chandler, que sofre bastante durante o verão passado em Pandora, e Alex, ajuda não apenas a pequena Viola de 10 anos, como seu arqui inimigo Rupes, quando a 'bomba' estoura na cabeça das crianças...

"-Alex - Rupes espalmou as mãos na mesa. - Tenho que passar nesse exame, mas sou péssimo em inglês, pior em francês e apenas passável em matemática e ciências. Preciso de ajuda com as matérias. Será que você... - pigarreou - ... você me ajuda a passar?
Alex assobiou:
- Rupes, você quer que eu lhe dê aulas? " posição 56%

Daí pra frente temos a chegada do melhor amigo, perdido há muito, de Helena, seu parceiro de dança,  Fábio, meio 'padrinho' de Alex, o único que estava com ela em Viena quando ela engravidou e teve Alex, o único que sabe o segredo mais oculto dela, e apesar da alegria do reencontro existe uma tensão no ar e enfim a revelação do segredo para William e Alex.

"- (...) Não - Fabio bateu na mesa -, nunca se deve lamentar nada na vida. O passado, bom ou ruim, é que nos faz ser quem somos.
Helena pegou a mão do amigo e a apertou.
- Eu tinha me esquecido de como você é sábio. Obrigada, meu querido." posição 73%

Impossível largar o livro, mesmo após a revelação do segredo de Helena, temos várias emoções que nos faz esquecer todas as responsabilidades até terminar de ler o livro, e ainda assim, mais difícil despedir de seus personagens, eu por exemplo, não consegui pegar um outro livro (e tenho 8974568799878971654 para ler) até agora (a semana inteira preparando esta resenha) não consegui me separar de Helena, Alex, William e Pandora.


"A casa... Pandora... o instinto que ela tivera a respeito de voltar ali fora acertado. A caixa tinha sido aberta; seu conteúdo empoeirado fora vomitado pelos cantos escuros e saíra voando livremente, provocando caos e sofrimento. No entanto, assim como no mito, ainda restava uma coisa: a esperança." posição 82%
Leia mais

Minhas impressões (MI-06/2018): Nada escapa a Lady Whistledown - Julia Quinn e outras

Por Cinthia FotoseLivros •
05 maio 2018
Olá pessoal, mais uma vez com um delicioso Romance de época e com quatro pequenas estórias escritas por autoras maravilhosas, estórias que acontecem na mesma época, os quatro casais de alguma forma interagem, se encontram nos mesmos e eventos e festas do inverno londrino de 1814, quando o Tâmisa congelou...




Compre na Amazon Brasil



Minhas impressões

A primeira estória é Um amor verdadeiro de Suzanne Enoch, Lady Anne Bishop foi prometida ainda bebê ao atual Marquês de Halfurst, mas em todos os seus 19 anos ele nunca a procurou e graças a uma nota de Lady Whistledown ele retorna a Londres para

"- Pensei que o senhor pretendia apenas me arrastar para Yorkshire.
Halfurst inclinou um pouco a cabeça, como se estivesse tentando ler os pensamentos dela.
- Eu poderia fazer isso - admitiu, em voz baixa -, mas não poderia forçá-la a querer estar lá, e certamente não poderia fazê-la querer estar lá comigo." posição 8%


Dois Corações de Karen Hawkins conta a estóra da Srta Elizabeth Pritchard, uma 'solteirona' independente de 31 anos que de repente resolve que quer se casar assustando os melhores amigos, Lady Margaret Shelbourne e seu irmão Sir Royce Pemberley, este quando começa a perceber a possibilidade de Liza se casar com alguém, se assusta e começa a perceber que a amiga é mais importante do que ele imaginava.

"Liza olhou ao redor e constatou que embora tivesse todas as razões do mundo para ser feliz, não o era. De algumas semanas para cá, conscientizara-se de que faltava algo na sua vida - e algo importante." posição 32%
Liza que sempre fora imune (ou quase) ao charme de Royce se vê encantada e com sentimentos estranhos em relação ao amigo...

"Ninguém, nem os belíssimos homens de St. John ou os fascinantes irmãos Bridgertons, comparavam-se a sir Royce Pemberley. Pelo menos não aos olhos de Liza." posição 32%


Em Uma duzia de beijos, Mia Ryan nos encanta com a estória de duas pessoas que não conseguem com dificuldades de se comportarem na sociedade, o Marquês de Darington, após ter sido ferido na guerra, e ter dificuldades de fala, nem tudo o que pensa consegue expressar e lady Caroline Starling a filha do antigo Marquês de Darington, o primo distante de , ela uma moça que prefere ficar calada já que os pais eram (a mãe ainda é) extremamente egocêntricos e nunca se preocuparam com a filha. Mas quando Linney conhece o Marquês e eles começam interagir ela não entende os sentimentos que a atormentam, ela se encantou com ele, mas ele é um grosseirão que não fala nada direito e também é o homem que expulsou ela e a mãe do lar que ela conhecia.

"Te certeza também de que gostaria de beijar lorde Darington muitas outras vezes.
Era bom demais para ser feito uma única vez.
- Gostaria de beijá-lo pelo menos uma dúzia de vezes - murmurou ela.
Lorde Darington se afastou e tocou seu rosto com a ponta do dedo.
- Uma dúzia?" posição 64%


E Julia Quinn fecha o livro com a deliciosa Trinta e seis cartões de Amor que vai nos contar a redenção de Susannah Ballister que após ter sido preterida por Clive Mann-Formsby no verão de 1813, se vê cortejada e apaixonada por ninguém mais ninguém menos que o Conde de Renminster, o irmão mais velho de Clive, David Mann-Formsby. David tentou ajudar a minimizar os comentários que Susannah sofrera quando fora 'rejeitada' pelo irmão, ele percebe o quão bonita, inteligente e maravilhosa a moça é o quanto ela é perfeita para ser a Condessa de Renminster.

"E enquanto estava ali sentado, no Theatre Royal, ignorando os atores no palco em favor de uma mulher sentada no camarote ao lado do seu, tomou uma decisão muito importante.
Ele se casaria com Susannah Ballister." posição 77%


Eu realmente adorei este livro e suas pequenas e deliciosas estórias, gostaria que mais livros deste estilo (com vários contos de diferentes autores) fossem lançados no Brasil... este tipo de livro é muito comum nos EUA.
Leia mais

Sobre o Encontro de Livreiros em BH na @livrarialeitura - Coisas de Mineira #ClubedolivroBH

Por Cinthia FotoseLivros •
03 maio 2018
Olá pessoal, como prometi nos posts anteriores sobre o Encontro de Livreiros em BH que a Livraria Leitura preparou para seus livreiros, com as Editoras Arqueiro/Sextante e Intrínseca, eu iria voltar aqui para falar de um projeto super legal e interessante que conheci lá... Estou falando da Letícia Pimenta do Coisas de Mineira e seu super legal #ClubedolivroBH


Elas fazem uma mistura de Clube do Livro com leitura coletiva, vejam abaixo como é descrito no Coisas de Mineira

O  QUE É  A LEITURA COLETIVA - DIFERETONA é mais que um Clube de Assinatura, é uma Leitura coletiva onde os participantes fazem sua inscrição mensalmente e recebem um livro lançamento + marcadores + um item surpresa e uma guloseiam, além de participarem semanalmente de metas de leituras com os outros leitores da nossa caixinha e no final do mês participar de um piquenique.  Cada mês um gênero diferente  para te tirar da zona de conforto.   

No mês de abril elas fizeram  a leitura do thriller 'A Mulher na janela' da Arqueiro e contaram que foi super interessante...
foto do Coisas de Mineira
 
Neste mês de maio, começaram ontem as inscrições ontem para a Leitura Coletiva - Diferentona com um livro surpresa de 'Sick Lit' e a caixinha com o livro surpresa e mais alguns mimos custa apenas R$ 30,00 (+ frete)... me contem se não é incrível este projeto?

E ainda tem mais... a Letícia e suas ajudantes sempre preparam eventos deliciosos sobre leitura em BH, corram lá e sigam o Coisas de Mineira e seu super interessante Clube do Livro BH.
foto do Coisas de Mineira

Leia mais

Sobre o Encontro de Livreiros em BH na @livrarialeitura - @editoraarqueiro @sextante

Por Cinthia FotoseLivros •
28 abril 2018
Oi pessoal, hoje venho com a segunda parte do post sobre o Encontro de Livreiros da Livraria Leitura com participação da Editora Intrínseca e da Editora Sextante e Arqueiro (Grupo Sextante). Fiz o post sobre a Intrínseca ontem,veja aqui, e para não ficar muito grande eu estou dividindo os posts por Editoras. Hoje vou falar sobre os lançamentos do Grupo Sextante... alguns nós já conhecemos porque somos fãs 🙌🙌🙌!

A Mariana do grupo Arqueiro veio a BH para apresentar o novos e futuros lançamentos do grupo...  A Mari é fofa e divertida, já tinha dado alguns 'pitacos' durante a apresentação da Helô (da Intrínseca) e encantou com seu jeito descontraído.


Primeiro lançamento falado e que teve depoimentos de um livreiro que de tão envolvido na leitura perdeu ônibus e já vendeu vários exemplares, disse que é um thriller envolvente com um 'quê' de Hitchcock... foi 'A mulher na janela' que participou do Clube do Livro BH (com kit super cool) e me fez querer ler... e agora?



E que vai virar filme com Amy Adams no papel principal... dá-lhe Merlot!!! ou ler com uma taça de Merlot do lado kkk


Depois falou do meu amado Harlan Coben e seu novo livro e de todos os livros da Serie Myron Bolitar... neste novo lançamento 'Volta para casa' teremos participações especiais... Win e Mickey Bolitar...
"Após cinco anos sem escrever nenhum livro da série Myron Bolitar, Harlan Coben brinda os leitores com Volta para casa, um suspense explosivo, como só o seu talento pode criar. Um thriller profundamente comovente sobre amizade, família e o verdadeiro significado de lar."



Mais uma das minhas autoras preferidas e que também tem lançamento neste mês é Lucinda Riley e seu 'O Segredo de Helena' que é um livro fora da série As Sete Irmãs e já está preparado para ser minha próxima leitura e resenha (em breve).



Quando a Mari falou deste livro 'A luz que perdemos' com um quê de 'Um Dia' a Leticia do Coisas de Mineira disse que não gostou muito... acho que é daquelas histórias que não tem um final ou um casal perfeito, assim como nossa vida real... Ganhei um exemplar e vou ler e depois contar o que achei.


Então vieram meus amados Romances de Época... que já são tantos e temos lançamentos todo mês, temos Julia Quinn, Mary Balogh, Lisa Kleypas e algumas outras... mas os melhores são os das três e já temos tantos...



Teremos lançamento mundial em outubro/2018 de novo livro de Nicholas Sparks eu não leio mais ;(


E então a Mari contou que a Editora Sextante está fazendo 20 anos e está fazendo relançamentos de alguns títulos de sucesso, como 'Você é insubstituível' de Augusto Cury, Mitch Albom e seus livros 'A última grande lição' e 'As cinco pessoas que você encontra no céu' estão sendo relançados com novas capas e edições especiais dos 20 anos.




Este livro 'Um dia ainda vamos rir de tudo isso' é de Ruth Manus e minha filha, que é super fã da autora, que escreve crônicas no Estadão e é maravilhosa!!!!
 



Este livro 'a arte de respirar' está na minha lista de desejados e necessários para mim e muitas pessoas amigas kkkk

Mais um investimento interessante da Sextante são os livros de The School of Life




Abaixo alguns títulos de Administracao e Negocios



Lançamento de 'Me Poupe!' de Nathalia Arcuri, do blog Me Poupe na web... interessei!

Além da Nathalia teremos lançamento de livro de Braulio Bessa... poesia de Cordel com biografia do autor... acho que vai ser bastante interessante! O livro vai se chamar 'Poesia que transforma'... não lembro quando será o lançamento, mas acho que é junho ou julho.


Ganhamos estes dois livros... o da Bela Gil parece bem interessante, mas já passei desta fase da maternidade...

Espero que tenham gostado dos dois posts sobre os lançamentos, em breve falarei sobre o Coisa de Mineira e Clube do Livro de BH... adorei conhecer as meninas e a ideia delas.

Comentem, me digam se gostaram ou não gostaram deste post.

Leia mais

Publicidade

iunique studio criativo

Instagram

© Fotos e Livros – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in